10 dicas para compras internacionais

Pelo menos metade das perguntas que recebo pelos comentários do blog e pelas redes sociais são relacionadas à compras. Principalmente as internacionais. “Onde acho?”, “como compro?”, “como faço?” etc. Por isso, resolvi dar algumas dicas:

1. Faça um cartão de crédito internacional e, em seguida, uma conta no PayPal. Não adianta ficar procurando coisa legal aqui no Brasil. O mercado de roupas masculinas é muito fraco. O que existe de bom geralmente é caro. Compras internacionais representam não só variedade, mas também economia. Você gasta metade do que gastaria em nosso país. Triste, mas verdade.

2. Conheça suas medidas. Use como critério suas camisetas, jaquetas e calças que caem perfeitamente em seu corpo. Meça a largura do peito e do comprimento de suas camisetas e jaquetas. Meça a largura da cintura e do comprimento de suas calças. Tenha essas medidas em centímetros e em polegadas (Para compras internacionais).

3. Saiba qual o tamanho de seus calçados e saiba fazer a conversão. Use a etiqueta que vem no próprio calçado ou em sua caixa. Lá, geralmente, você encontra a medida em centímetros (Essencial) e o número correspondente no Reino Unido, Estados Unidos etc.

4. Lojas para comprar roupas: procure.

5. Tenha paciência. Seus produtos podem levar um mês (Ou mais) para chegar em sua casa. E, as vezes, antes de chegar à sua casa, são parados pela receita e taxados (Você vai receber uma cartinha em sua casa com o valor e a unidade dos Correios para retirada). A taxa geralmente é calculada em 60% do valor do produto + frete. Geralmente acontece com produtos com valor acima de 50 dólares, mas não é regra. E não adianta pedir para enviarem como “gift” (Presente). Se eles acharem que devem taxar, eles taxam.

6. Não compre além do necessário. Se for para comprar algo “só pra ter”, não compre. Compre só o que você realmente vá usar. Dica para a vida.

7. Roupas e calçados usados/vintage são interessantes, mas não representam economia. Geralmente tem o mesmo preço ou são até mais caros que itens novos, justamente porque não se acha em lojas normais. É fácil encontrar brechós no eBay.

8. Desconfie de ítens absurdamente baratos. A não ser que seja promoção de algum site confiável.

9. Dê preferência aos vendedores e lojas que fornecem envio com tracking number. Com ele, você pode rastrear sua compra até ela chegar em sua casa. No eBay, dê preferência aos vendedores com um número razoável de vendas e confira suas qualificações positivas e negativas.

10. Não compre muitos ítens de uma vez, na mesma loja. Quanto mais ítens, maior é a chance de ser taxado pela receita federal. Mesmo que o frete diminua consideravelmente quando se pede tudo junto, essa economia não compensa o que você vai precisar pagar para ter seu pacote liberado.

Dúvidas: façam comentários perguntando.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s