Realengo, Sandy Hook…

Criança é a paz, ternura, um doce sabor. É a planta. Criança é o fruto de uma dor. Não há contratempo, nem chuva, nem vento. É um ser de luz que desponta. Que eterniza a lembrança pra vida. Quisera eu ser um jurado pra condenar o mal com amor. Fazer de todo curumim a flor mais bela do jardim. Canção gostosa pra ninar e com um sorriso despertar esse pingo de gente. Meu pixote inocente.

meninas

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s