Flores

Lá vem o homem da gravata florida. Meu deus do céu, que gravata mais linda! Que gravata sensacional, olha os detalhes da gravata. Que combinação de cores, que perfeição tropical. Olhe que rosa lindo, azul turquesa se desfolhando sobre os singelos cravos. E as margaridas de amores com jasmim.

Isso não é só uma gravata. Essa gravata é um relatório de harmonia de coisas belas, é um jardim suspenso dependurado no pescoço de um homem simpático e feliz. Feliz porque com aquela gravata qualquer homem feio vira príncipe. Simpático, porque com aquela gravata ele é esperado, é benchegado, é adorado em qualquer lugar.

Por onde ele passa nascem flores e amores. Com uma gravata florida, singela como essa, linda de viver. Até eu.

Sapatos com sola airwair

Uma das minhas peças de roupas mais marcantes e únicas é um sapato azul de solado airwair. Essa sola é criação e característica principal dos calçados da marca inglesa Dr. Martens, apesar de existirem várias outras marcas que copiam essa sola. Na verdade, copiam não só a sola, mas o design inteiro (É o caso desse meu sapato azul). As botas da Dr. Martens são bastante conhecidas e não é difícil encontrá-las nos pés de membros das mais variadas subculturas, de góticos a saudosistas do rap dos anos 1990, e artistas de vários gêneros musicais. Já os sapatos com solado airwair são mais incomuns, apesar de serem uma das melhores opções de calçados. Esse tipo de sola dá ao sapato um ar diferenciado. Menos formal e elegante, mais urbano e trabalhador. E não é por um acaso: na década de 1960, primeiros anos de existência da marca, os calçados Dr. Martens eram usados majoritariamente por trabalhadores de fábrica, carteiros e outros hardworkers.

Os sapatos da Dr. Martens são fabricados em vários tipos de materiais, cores e estampas. Mas os modelos clássicos – oxford lisos, longwings e loafers – e cores clássicas não saem de circulação. As solas também variam no formato e grossura.