Jamaicanos em Londres e Fred Perry Subculture

Don Letts – DJ, músico e diretor – dirigiu uma série de documentários sobre subculturas urbanas para a marca Fred Perry. Este fala sobre a cultura skinhead. A parte que nos interessa: como um bom filho de jamaicanos, Don Letts ressalta bastante a importância dos jamaicanos dentro dessa cultura, ao longo do curto documentário. As imagens dos imigrantes jamaicanos na Inglaterra são muito boas e difíceis de serem encontradas por aí. A maioria delas parecem ser de meados da década de 1960 e final da década de 1970. Como no vídeo tudo passa muito rápido, tirei printscreen de alguns momentos. Convidados como Lynval Golding (Guitarrista do The Specials), Norman Jay (DJ) e Pauline Black (Vocalista do The Selecter) falam de muita coisa sobre o visual dos jamaicanos que já falei por aqui, como o costume de usar calças curtas e meias brancas, camisa polo e chapéu pork pie. Além disso, comentam sobre as influências do estilo da Ivy League, que também já falei por aqui, no visual skinhead. E confirmei uma suspeita: os jamaicanos realmente tinham o costume de usar gravatas bem curtas, que chegavam só até metade de onde deveriam chegar.

“A cultura Rude Boy era tudo o que a cultura inglesa jovem queria ser. Eles eram perigosos e completamente anti-mainstream.”

“Nunca foi sobre moda, foi sempre sobre estilo”. O documentário, pra quem quiser assistir:

2 respostas em “Jamaicanos em Londres e Fred Perry Subculture

  1. Olha essas imagens! Uma pena que Laurel Aitken não está vivo para ser entrevistado.
    Esse é o primeiro que documentário que eu vejo, no qual, trata a importância dos jamaicanos de verdade – pena que é bem curto. Eu vejo documentários que raramente fala sobre a influência visual dos Jamaicanos, geralmente foca mais na música, na transição do skinhead trad para o skinhead fascista, sobre influência do National Front. Engraçado como a imigração ajudou a construir todo um cenário musical, visual e cultural, no qual ironicamente, skinhead nazi/fascistas são contra. Para mim, Skinheads: nasceu, viveu e morreu em 69. Quando a política entrou na cultura, morreu. Passou de ser uma cultura de visual e música (ska/rocksteady) para algo político com uma mistura de punk rock e, infelizmente, uma guerra ideológica.
    Ótima postagem, Jun.

  2. Pingback: Ivy League x Mods | Só Queria Ter Um /

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s